Ufes nos Rankings

RANKINGS NACIONAIS

  • Ranking Universitário Folha (RUF)

Criado em 2012, o RUF é um produto jornalístico elaborado pelo jornal Folha de São Paulo e atualizado anualmente. O objetivo é medir a qualidade das universidades e cursos superiores brasileiros com base em dados nacionais e internacionais e em pesquisas de opinião, conferindo-lhes notas de 0 a 100. O RUF é classificado como um ranking multidimensional, ou seja, envolve diferentes aspectos como ensino, pesquisa, inovação, atuação no mercado etc das instituições e cursos avaliados e produz tabelas classificatórias para cada indicador. Os indicadores utilizados no Ranking Universitário Folha (RUF) são apresentados em Nota Técnica N° 01/2019 da Seavin.

Indicadores da UFES no (RUF) 2019

 

RANKINGS INTERNACIONAIS

2021

  • Ranking das Universidades de Nações de Economias Emergentes da Times Higher Education (THE)

Ufes se mantem entre as 500 melhores universidades de países emergentes (Publicado em 09 de março de 2021)

 

  • Webometrics

O Webometrics é o ranking de universidades mais extensivo que existe atualmente, considerando-se o número de instituições e de países incluídos. Por meio de um amplo levantamento e checagem de informações, as universidades são avaliadas segundo indicadores de internet (webométricos) e de pesquisa (bibliométricos).

Ufes fica em 16º lugar no Brasil e em 32º na América Latina no ranking Webometrics (Publicado em 17 de Fevereiro de 2021)

 

2020

  • Times Higher Education (THE)

Trata-se de um dos principais rankings universitários do mundo, que avalia critérios como ensino, pesquisa, citações, visão internacional e transferência de conhecimento como indicadores de desempenho das universidades. A Ufes passou a integrar a lista do ranking THE em setembro de 2019. Segundo dados da Secretaria de Relações Internacionais (SRI), os indicadores da Ufes, quando comparados aos do ano passado, mostram uma melhora significativa nas citações, o que indica que as pesquisas feitas na Universidade alcançaram maior visibilidade, sendo mais citadas pela comunidade científica internacional.

Ufes se mantém em Ranking Internacional das melhores universidades (publicado em 3 de Setembro de 2020)

 

  • Times Higher Education (THE) Golden Age

 Esse Ranking classifica instituições que estão nos seus chamados "anos dourados", ou seja, entre 51 e 80 anos de idade, fundadas entre 1950 (após a Segunda Guerra Mundial) e 1967.  Criada em maio de 1954, a Universidade foi classificada no grupo de instituições entre a 251a e a 300a posição (a partir da 101a colocação, as universidades são classificadas em grupos de 50). Os aspectos em que a Ufes ficou mais bem avaliada foram a transferência de conhecimento para a sociedade (com 36,1% da pontuação máxima) e a internacionalização (22,4%). Além desses dois critérios, as instituições que participam do Ranking THE Golden Age são avaliadas em ensino, pesquisa e citações acadêmicas.

Ufes ingressa em ranking de universidades que têm entre 51 e 80 anos de existência (publicado em 09 de Julho de 2020)

 

  • Ranking de Impacto para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) da Times Higher Education (THE)

O Ranking de Impacto THE é o único do mundo que indexa as instituições de ensino superior com base nos ODS da ONU para serem cumpridos até 2030 (também conhecidos como Agenda 2030). Os indicadores são calibrados para que possam ser feitas comparações abrangentes e equilibradas, com dados relativos à pesquisa, à extensão e à gestão.O trabalho de coleta, análise dos dados e envio das informações da Ufes foi desenvolvido pela Comissão de Ranking da Ufes, formada por servidores de diversos setores da Universidade, inclusive da Seavin.

Ufes está entre as líderes brasileiras no Ranking de Impacto para os ODS (publicado em 22 de Abril de 2020)

 

  • Ranking das Universidades de Nações de Economias Emergentes da Times Higher Education (THE)

Neste ranking, as universidades são avaliadas em critérios como ensino, pesquisa, citações, internacionalização e transferência de conhecimento para a indústria. Para poder ser incluída na classificação, a universidade precisa ter publicado pelo menos 200 artigos acadêmicos por ano nos últimos cinco anos, oferecer cursos de graduação e atuar em áreas de formação diversificadas. Segundo a THE, no ranking de países emergentes, os dados são reconfigurados para considerar as prioridades de desenvolvimento das instituições avaliadas.

Ufes se classifica entre as 500 melhores universidades de países emergentes no ranking THE (Publicado em 18 de Fevereiro de 2020)

 

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910